F x

“Em casa tem água. Sou econômico em tudo, até na água.”

Fernando Henrique Cardoso, convocando a população a economizar água.

 




Ano XI - 25 a 27 de Outubro de 2014


Saúde abalada
Estudo feito pelo Conselho Federal de Medicina revela que o Ministério da Saúde deixou de aplicar, desde 2003, inicio do governo petista, até agora, cerca de R$ 131 bilhões no Sistema Único de Saúde (SUS). O valor é equivalente ao que Estados e municípios gastaram no setor durante todo o ano passado – cerca de R$ 142 bilhões. Para o Conselho, os dados comprovam em detalhes os resultados da falta de qualidade da gestão financeira em saúde. Com esse dinheiro, seria possível construir 320 mil Unidades de Saúde (com Equipe de Saúde em Família), edificar 93 mil Unidades de Pronto-Atendimento (com capacidade de atender 450 pacientes por dia) ou ainda aumentar em quase três mil o número de hospitais públicos de médio porte.

Aniversário
O ex-presidente Lula completa 69 anos nesta segunda-feira, “apesar de aparentar 30 anos”, como costuma dizer. O presente que esperava era reeleger Dilma Rousseff por mais quatro anos. Na semana passada, ele confessou que havia ganhado um “presente que não esperava”. Sua irmã Lindinalva da Silva gravou um vídeo pedindo votos para Aécio Neves. Ela mora em Cuiabá e o vídeo se espalhou rapidamente via YouTube.

Menu de travesseiros
Na suíte do Copacabana Palace, no Rio, onde Lula se hospedou na semana passada, havia até um menu de travesseiros e ele ficou com vontade de experimentar alguns: não deu tempo. Lá, já se hospedaram a chanceler alemã Angela Merkel, o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, Mick Jagger, Tom Cruise, Madonna, Will Smith e é a preferida de Gisele Bündchen quando está na cidade.

Acusação do doleiro
Na delação premiada (e Alberto Youssef acusou Dilma e Lula de terem conhecimento do esquema da Petrobras), quem acusa deve provar as denúncias, caso contrário o beneficio não é concedido. No decorrer do processo, o doleiro apresentará suas provas, o que poderia criar condições de incluir Lula num processo criminal e a declaração de impeachment de Dilma Rousseff seria inevitável. Independente do resultado das eleições presidenciais esse poderá ser o futuro do criador e da criatura, confirmando-se a participação das mais altas autoridades do país num esquema criminoso maior e mais grave do que o mensalão.

Novo livro
Em dezembro, o escritor Ignácio de Loyola Brandão lança um livro sobre seu avô, Os Olhos Cegos dos Cavalos Loucos. E está debruçado num novo romance, depois de oito anos. Título já tem – e é dos mais compridos: Desta Cidade Nada Vai Restar a Não Ser o Vento que Sopra sobre Ela.

Outro partido
O ex-prefeito Gilberto Kassab deverá começar o ano voltado para a fundação de uma nova legenda: será o Partido Liberal. A idéia é acolher aqueles que se sentem incomodados nas posições de seus partidos. A mudança poderia ocorrer sem perda de mandato. Depois, viria uma fusão com o PSD, que ele também criou, com direito a verbas do Fundo Partidário e tempo de TV. A legislação prevê que novos partidos não têm direito a esses benefícios.

Cartilha da fé
Para quem não tem nem idéia: a Bíblia continua sendo o livro mais vendido do planeta, com 2.551 línguas alcançadas pelo menos com um trecho do Novo ou do Velho Testamento.

Dinheiro nas caixas
O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSD), trabalhou para a campanha de Dilma e a primeira-dama Pâmela Bório, para Aécio. Agora, Janaina Alexandre Alves, a ex-babá que trabalhou na casa deles, está revelando que, certo dia, procurando nos armários fotos do casamento de Pâmela, descobriram caixas com muito dinheiro vivo dentro. Depois, teriam descoberto outras caixas em outros armários. Na época, avisaram o governador e Coutinho ficou mais do que irritado. Janaina conta que havia caixas de vários tamanhos, dependendo do volume.

Projeto Down

Troféu especial
Emerson Fittipaldi dará a bandeirada ao vencedor do GP Brasil de Formula Um, dia 9 de novembro, em Interlagos, em São Paulo. No ano passado, a bandeirada coube a Nelson Piquet. Mais: os troféus que os três melhores pilotos receberão no pódio reproduzem uma torre de extração de petróleo e gás em alto-mar, idêntica às da Petrobras, patrocinadora da prova.

Juro mínimo
O empréstimo de R$ 2,7 milhões que Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil, via BNDES, conseguiu para sua amiga Val Marchiori, garantido pela pensão dos filhos dela com Evaldo Ulinski (o pagamento será em parcelas mensais de R$ 75 mil), tem juros de apenas 4% ao ano.

Nas nuvens
Roberto Carlos acaba de comprar um novo avião: é um Gulfstream G280, todo azul por dentro. Preço: US$ 20 milhões. A operação foi toda feita dentro da legislação brasileira. Em outros tempos, comprava aviões e registrava tudo fora do país, até enfrentar problemas com a Receita Federal.

Hostilizado
Na semana passada, depois de jantar com sua mulher, Fátima Mendonça, no restaurante Piselli, nos Jardins, em São Paulo, o governador da Bahia, Jaques Wagner, na saída, foi hospitalizado por grupo que estava lá. Deu meia-volta, quis encarar, mas a direção do estabelecimento entrou no meio, com muito jeito. Hoje, Jaques se considera um pré-presidenciável do PT em 2018, já achando que Lula não terá fôlego para outra campanha.

Novo par
A prestigiada diretora de TV Amora Mautner, filha de Jorge Mautner está namorando com Arnon de Mello, filho de Lilibeth Monteiro de Carvalho e do senador reeleito Fernando Collor de Mello. Com o pessoal do showbiz, ela prefere ter apenas relações profissionais.

Antigas lésbicas
As atrizes Christiane Torloni e Silvia Pfeifer, que estão no elenco de Alto Astral, de Silvio de Abreu, interpretavam, em 1998, um casal de lésbicas na novela Torre de Babel, do mesmo autor. As relações eram bem discretas no ar e, mesmo assim, houve rejeição do público e as personagens acabaram mortas na explosão de um shopping. As duas acham que, de lá para cá, a televisão mudou muito em relação à questão da homossexualidade. E Silvia brinca: “Se fosse hoje, o pessoal estaria até torcendo para sair um beijo lésbico em cena”.

Bloco poderoso
Mesmo antes do resultado das eleições presidenciais, o PMDB já se movimentava para formar um bloco para aumentar seu poder no Congresso. Conversas foram iniciadas com gente do PR, PTB, PSC e Solidariedade. A idéia, por enquanto, é boa: defender políticas públicas na Saúde, Educação e Cidades. Os peemedebistas não querem mais ser tratados como foram no primeiro mandato de Dilma Rousseff. Atrás de tudo, tem o dedo de Eduardo Cunha.

Cerveja em casa
A ministra dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti, segundo amigos chegados do PT, está produzindo cerveja artesanal em sua casa, à qualquer hora. O marido da ministra resolveu se aventurar nessa empreitada – e com sucesso. O casal adora uma cervejinha, responsável – e ela própria admite – pelos períodos em que, vira e mexe, a ministra adquire alguns a mais.

Abandonado
Enquanto sabe que seus antigos companheiros do mensalão estão – quase todos, devendo os próximos ser José Dirceu e Valdemar Costa Neto – cumprindo pena em prisão domiciliar, Henrique Pizzolato, preso na Itália, não vê grandes perspectivas para ele. Esta semana, haverá uma audiência na Itália, com a presença de um representante da Advocacia-Geral da União, que defenderá a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil. Contudo, a decisão final ainda demorará muito a sair. Mais: Pizzolato sente-se abandonado. Até hoje, nem sua mulher recebeu um telefonema ou um e-mail de quaisquer figuras do PT.

Barba dá trabalho
Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, deixou crescer a barba desde a construção do Templo de Salomão, em São Paulo e ela adquiriu grande volume. Até outros bispos acham que desfigura a imagem conseguida por Edir há décadas. Ele ainda hesita, mesmo enfrentando os problemas da barba grande, que deve ser lavada todos os dias, com xampus especiais, para evitar fungos. Detalhe: a barba é totalmente branca enquanto os poucos cabelos de Edir são pintados todas as semanas.

Vai virar livro
Vicente Vilardaga, autor do livro A Queima Roupa, sobre o caso do jornalista Pimenta Neves que assassinou a namorada, já assinou contrato com a editora Leya: vai escrever a história do ex-médico Roger Abdelmassih, para ser lançado no ano que vem. De cara, quer ouvir o maior volume de mulheres vitimas dos ataques de Roger. Mais: enquanto ele mergulha em depressão na cadeia, as investigações sobre os processos usados para que recebesse dinheiro no Paraguai, estão quase concluídas e deverão enquadrar, mais à frente, os amigos do ex-médico que participaram do esquema.

Lugar garantindo
Para não criar nenhum desconforto ao Planalto, o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, acusado de participar do esquema de propinas da Petrobras, de acordo com delação de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, pediu desligamento do Conselho de Administração de Itaipu, onde ganhava R$ 20 mil mensais para seis sessões anuais do grupo. Seu contrato, a propósito, vigorava até dezembro. Rui Falcão, presidente do PT, garante que Vaccari permanece na direção da legenda – o que não chega a ser novidade. Afinal, o denunciado se reporta a ele.

Carga pesada
Poucos dias antes das eleições, OAB, CNI, CNA, CUT, conselhos de contabilidade e instituições financeiras assinaram em conjunto a Carta do Contribuinte e enviaram aos dois candidatos. O documento pede redução da carga tributária sobre o consumo, reajuste anual e automático da tabela do Imposto de Renda, desoneração das exportações e simplificação tributária.


GalisteuEstrela do calendário
Aos 34 anos, a francesa Eva Green é a estrela do calendário Campari 2015 com o tema Mitologia Mixologia, onde contracena com a Roda do Tempo e usa roupas que remetem à belle époque, até com direito a máscaras e penas. Eva foi descoberta por Bernardo Bertolucci em Os Sonhadores e já participou, entre tantos, de 300, Sin City: A Dame to Kill For, Casino Royale e está na televisão na série Penny Dreadful. Para os mais veteranos: Eva Green é filha da atriz Marlène Jobert.

Edições Anteriores:  

  ;-) Plissada e molenga.

:-( Lisa e colada.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 

Ruy Altenfelder Silva entrevista no programa Dialogo Nacional o colunista Giba Um.


© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br