“Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe.”

José Serra em sua carta de demissão ao presidente Michel Temer.

Ano XI - 24 de fevereiro de 2017

 

Menos um
O ministro das Relações Exteriores, José Serra, pediu demissão na noite de quarta-feira, por problemas sérios na coluna cervical no qual foi submetido a uma pequena cirurgia, sob sigilo absoluto, em dezembro do ano passado. Como chanceler, Serra tem que fazer viagens constantes o que não foi recomendado por seus médicos que pediram que ele fizesse o mínimo esforço durante quatro meses e então, por não conseguir exercer o cargo com 100% de seu potencial, pediu exoneração. Serra vinha fazendo um bom trabalho, sendo elogiado por grande parte do cenário político. Voltará a cadeira no Senado, ocupada por seu suplente, José Aníbal.

Vai manter
O presidente Michel Temer foi pego de surpresa com o pedido de demissão de José Serra, ex-ministro das Relações Exteriores. De partida, Temer pediu que somente se licenciasse, mas depois das explicações de Serra aceitou o pedido. Temer já alertou todo o Planalto e aliados que a pasta será mantida com o PSDB, que já começou a pensar em um nome. Fernando Henrique Cardoso, Aécio Neves e José Aníbal estão sendo cogitados.

Outros nomes
Com a intenção de manter o ministério das Relações Exteriores com o PSDB, já começou a ser ventilados nomes na mídia. Além do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do senador Aécio Neves e de José Aníbal, circulam os nomes de Aloysio Nunes Ferreira, Ricardo Tripoli,Tasso Jereissatti e Teotônio Villella. Correndo por fora, Silvio Torres e Yeda Crusius.

Decisão
O ex-ministro das Relações Exteriores, José Serra, já havia tomado a decisão sobre sua demissão há 20 dias. Mas resolveu cumprir sua agenda neste mês de fevereiro, no qual visitou para Alemanha, viajando sobre forte efeito de injeções analgésicas, porque a dor era muito forte.

Cuidando do jardim
A Presidência da República e o Senado resevaram verba para serviços de jardinagens. Com R$ 2 milhões à disposição, o serviço abrangerá manutenção dos jardins de forma orgânica e sustentável para os próximos 12 meses. Já a Presidência gastará R$ 14,5 mil para compra de 3 mil metros quadrados de grama, para instalação no jardim residencial e público do Palácio do Alvorada e nas proximidades ao Planalto.

Assumindo
Alexandre de Moraes, agora oficialmente novo ministro do STF – Supremo Tribunal Federal, mesmo ainda não tendo tomado posse, já começa a tomar conhecimento da rotina do posto. Quando assumir de fato a cadeira terá que analisar cerca de 7200 processos que estavam com Teori Zavascki. Este número chegou a assustar Moraes, mas ele mandou avisar que não tem medo de trabalho.

Descanso
Alexandre de Moraes deixou em definitivo a pasta da Justiça e só tomará posse no STF – Supremo Tribunal Federal –no dia 22 de março. Irá aproveitar este mês para descansar, já que terá muito trabalho pela frente.

Planejamento
Ainda com a indefinição do sistema de financiamento das eleições para 2018, o PMDB teme não ter verba suficiente para todas as candidaturas e quer criar um “fundo eleitoral”, seguindo o exemplo de outras legendas com reserva permanente proveniente do Fundo Partidário. O pior medo do PMDB é que sem dinheiro, filiados migrem para outros partidos.

Pensando positivo
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, declarou dias destes que a recessão havia acabado e foi interpretada pela base do governo como um pensamento positivo que trará fôlego ao país. Para Tasso Jereissati, “Ele foi otimista cedo demais”. De qualquer forma a postura adotada pelo ministro de modo geral foi bem vista.

Esqueceram de mim
O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) foi trancado em seu próprio gabinete. Na terça-feira passada foi o primeiro a chegar e seus assessores não percebendo movimento em seu gabinete e já no final do expediente fecharam tudo e apagaram as luzes. No primeiro instante, Anastasia chegou a pensar que era uma queda de energia e permaneceu sentado em sua mesa, depois de alguns minutos resolveu ir embora e para sua surpresa a porta estava trancada. Então ligou para um dos seus assessores avisando do ocorrido. Ao chegar ao gabinete, meio sem jeito, com a lanterna do celular acesa, seu assessor pediu desculpas e com o maior bom humor o senador soltou: “Me senti no filme Esqueceram de mim”. E ambos riram.

Em Alta
Na semana passada, uma peregrinação de prefeitos foi até Brasília para conseguir recursos para novas obras em suas cidades. Quando deixavam a capital, a declaração dos governantes municipais eram praticamente as mesmas “não há dinheiro”. Poucos saiam contentes, um deles foi João Dória, que conseguiu verba para tocar 13 obras da capital paulistana. Assessores do Planalto justificaram que a cidade paulista é a maior do país e que as obras iriam ajudar o Brasil todo.

Sugestão
O presidente Michel Temer ainda não decidiu quem ocupará o ministério da Justiça no lugar de Alexandre de Moraes. Mas o PMDB quer que o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) ocupe o cargo. Gustavo Rocha, principal assessor jurídico da Presidência da República, é o a segunda melhor opção para a sigla.

Ganhando
Nove em cada dez analistas políticos dizem que se Osmar Serraglio (PMDB-PR) for o novo ministro da Justiça, o presidente irá ganhar. Porque quem assumiria o posto sendo o primeiro suplente de Serraglio é Rodrigo Rocha Loures que é um dos principais assessores do Planalto e assim teria um deputado de sua total confiança na Casa.

Ganhando popularidade
Assessores do presidente Michel Temer acreditam que sua popularidade está baixa porque muitas pessoas não  o conhecem. E estão traçando um plano para aumentá-la, que inclui viagens pelo Brasil. Os assessores querem que pelo menos uma vez por semana Temer visite alguma cidade. Este plano já ganhou até um apelido “joão-dorizar” em referência ao novo prefeito de São Paulo, João Doria, que uma vez por semana faz algo fora do gabinete.

Nova moradia
O presidente Michel Temer a pouco mais de uma semana passou a morar definitivamente no Palácio do Alvorada. Ele disse que só tem um problema, o ambiente é muito grande para ele, Marcela e Michelzinho e que levará um tempo para se acostumar. Por outro lado, Michelzinho adorou, vive se escondendo nos cômodos da casa e  com isso, o tempo de procura ao menino aumentou.

Folga
O presidente Michel Temer e sua família irão aproveitar os dias de Carnaval para descansar. Provavelmente seu destino será a Base Naval de Aratu, na Bahia, local que a ex-presidente Dilma Rousseff gostava de passar seus dias de folga. Mas ele só ficará por dois ou três dias. Provavelmente viajará no sábado e voltará na segunda, na parte da tarde.

Outro citado
O ex-diretor-superintendente Luiz Bueno e o ex-presidente da Infraestrutura da Odebrecht em seus depoimentos citaram o pagamento de R$ 2,5 milhões em caixa dois para o deputado Andrés Sanchez (PT-SP), durante sua campanha em 2014. Sanchez disse ter recebido somente R$ 2,1 milhões declarados aos TSE – Tribunal Superior Eleitoral.

Trabalhando
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, ficou quase dois dias internado por causa de uma obstrução urinária causada por hiperplasia prostática benigna, que gera o aumento da próstata. Após receber alta foi direto para seu gabinete despachar, desobedecendo a ordens médicas. Depois da saída de José Serra, o presidente ficou preocupado e ligou para Padilha, pedindo para ele seguir as orientações médicas. Padilha obedeceu e só deve voltar ao seu gabinete na próxima quinta, mas confessou que não gosta de ficar parado.

Na ONU
O México poderá recorrer a ONU – Organização das Nações Unidas – ou em outros órgãos internacionais, contra as medidas tomadas pelos Estados Unidos sobre a nova política imigratória que está sendo adotada. Luis Videgaray, ministro mexicano de Relações Exteriores, disse que é inaceitável a postura que vem sendo tomada. “Quero dizer enfaticamente que o governo do México não vai aceitar decisões unilaterais impostas por um governo a outro”.

Apoio
O deputado Major Olímpio (SD-SP) apresentou um projeto que obriga os presos a trabalharem para custear as despesas de cada um, como alimentação e a indenização das vítimas. Este projeto já é visto com bons olhos por grande parte dos brasileiros.

No comando
Cressida Dick, a policial que comandou a operação que resultou na morte do brasileiro Jean Charles de Menezes no metrô com sete tiros na cabeça diparados por agentes à paisana em 2005, irá comandar a Polícia Metropolitana de Londres, mais conhecida por Scotland Yard. Cressida será a primeira mulher a ocupar o cargo de maior importância da policia do Reino Unido.

Sem direção
O programa de Xuxa Meneghel está sofrendo um monte de mudança para tentar alavancar a audiência. Só que muitas das decisões tomadas para este novo rumo não agradou o diretor Ignácio Coqueiro que pediu demissão.

Não vai recriar
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participou de um evento promovido pelo banco BTG, em São Paulo e foi curto e grosso quando questionado sobre a criação ou não de uma nova CPMF, dizendo que aquele não era o momento de criar novos impostos. “O que existe é um início de trabalho de uma comissão que vai estudar a reforma tributária no Brasil”.

Desistência
A GL Events que disputava com o Grupo Lagardère os direitos de administrar o Maracanã desistiu.  Segundo a empresa os documentos que a Odebrecht exigia não passavam segurança jurídica para a operação. A GL disse que não perdeu o interesse pelo estádio, mas que no atual formato apresentado não dá. A Odebrecht iria apresentar o vencedor logo após o carnaval. Agora não se sabe se o Grupo Lagardére será declarado o vencedor ou se a novela começará tudo de novo. Os aficionados pelo bom futebol esperam que não.

Sonho realizado
A filha do José Luiz Datena, Letícia Wiermann assinou com a Playboy e será a próxima capa da revista. Em seu twitter o editor da revista André Sanseverino confessou que estava realizando um sonho em tê-la na capa. Letícia disse que já havia recebido outros convites antes, mas que nunca aceitou porque não sentia que era a hora certa: “Que bom que não fiz antes, porque aos 30 estou em minha melhor forma”.

Mais um
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles será ouvido através de uma videoconferência por investigadores da Lava Jato. Ele é mais uma das testemunhas de defesa do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva na Operação.

Economia
O famoso Diário Oficial da cidade de São Paulo não terá mais versão impressa a partir do dia 1º de março. Ele passará a ser publicado somente em versão eletrônica. Segundo levantamentos da prefeitura, isto irá poupar cerca de R$ 1,5 milhão aos cofres municipais.

Nova emissora
A jornalista Maria Cândida está de emissora nova. Ela acaba de ser contratada pela TV Aparecida, depois de uma negociação de seis meses. “Estou muito feliz porque a TV Aparecida tem valores nos quais acredito. E nada melhor do que você se sentir em casa”.

Protesto
Roger Waters, baixista do Pink Floyd, está procurando uma cidade na fronteira entre os Estados Unidos e México (de preferência onde tiver um bom pedaço de muro), para fazer um megashow de protesto contra o presidente Donald Trump. Detalhe: o espetáculo será de graça e ele quer reunir milhares de pessoas tanto americanos como mexicanos.

Lá no México
Por falar em México, Ronaldo (Fenômeno) Názario irá abrir em sociedade com Carlos Wizard, uma unidade da Ronaldo Academy, em Cancún. Investimento: R$ 500 mil.


Estilo boneca
A modelo, atriz, cantora, DJ e empresária Paris Hilton acaba de completar 36 anos e de presente assumiu seu namoro com o ator Chris Zylka, da série The Leftovers e que participou O Espetacular Homem-Aranha. Feliz da vida, contou a novidade em seu Instagram, onde também aparece em foto usando hot pants que levou alguns fãs a loucura. A modelo é capa da nova revista Plastik Magazine, no estilo boneca.

Projeto Down

Edições Anteriores:  

  ;-)Carnaval + diversão.

:-( Carnaval + Ressaca.




Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 

 



© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br