“Há anos, num debate, Lula me chamou de o maior latifundiário do Brasil. Hoje, sou um chacareiro perto do Lulinha”,

Ronaldo Caiado, senador (DEM-GO), lembrando debate na campanha de 1989.



Ano XI - 04 à 06 de julho de 2015

 

Reunião a três
No final da semana passada, logo cedo, o vice-presidente Michel Temer foi chamado pela presidente Dilma Rousseff para uma reunião, à qual também esteve presente Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil. No cardápio, as pedaladas fiscais do governo no TCU e o depoimento do empreiteiro Ricardo Pessoa no TSE. De Temer, ela pediu ainda uma visão jurídica de tudo o que pode acontecer e acontecendo, quais as alternativas. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que anda carente, não foi chamado.

Sai daí, Temer!
Os homens da cúpula do PMDB, incluindo Eduardo Cunha, presidente da Câmara, estão fazendo pressão para que o vice-presidente Michel Temer largue a articulação política do governo. Só que ele não dá sinais de que pretende sair. Agora, embora não seja oficialmente o titular da Secretaria de Relações Institucionais, nomeou o ex-governador do DF, Tadeu Filippelli, como seu chefe de gabinete na Pasta. Os peemedebistas acham que Temer está ficando com a característica de “homem do governo” enquanto a maioria da legenda é contra o Planalto.

Dia D
Está marcado para o próximo dia 14 o depoimento de Ricardo Pessoa, da UTC no Tribunal Superior Eleitoral e a oposição está certa de que o empreiteiro apresentará provas de que dinheiro do esquema criminoso da Petrobras foi usado na campanha de Dilma Rousseff. Ele tem gravações e filmagens, incluindo papéis com números da propina trocados com João Vaccari Neto, tesoureiro do PT. Se tudo acontecer como está previsto, Dilma poderá ser afastada, Michel Temer assumiria por três meses e novas eleições seriam convocadas.

Profeta do apocalipse
Num encontro em São Paulo, com representantes das redes sociais e grupo de empresários, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) foi chamado de profeta do apocalipse. E até foi exibido um vídeo de um debate dele com Lula em 1989, quando os dois, entre outros, eram candidatos à Presidência da República. Na época, Caiado tinha 38 anos e no encerramento do debate, vaticinou: “Se o PT chegar ao Planalto, o país terá o pior governo da história”. Agora, o senador quer concorrer a Presidência (dentro de pouco tempo, se Dilma cair ou em 2018) e está torcendo para reencontrar Lula na disputa.

Contra e a favor
Se as revelações de Ricardo Pessoa ao TSE levarem Dilma Rousseff a um julgamento, observadores acham que estarão do lado do PT os ministros Luciana Lóssio, Henrique Neves e Maria Thereza Assis Moura. E votariam contra o governo Gilmar Mendes (relator), João Otavio de Noronha e Dias Toffoli. Para desempatar, o voto do ministro Luiz Fux.

Craques de Gilmar
Há quem culpe Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções, do fracasso do Brasil na Copa América. Na seleção, há craques que pertencem à sua carteira de empresário bem-sucedido no futebol. Alguns usam, como exemplo, a transferência de Firmino da Alemanha, onde era considerado perna de pau, para a Inglaterra, quando supostamente Gilmar teria tido gulosa participação. Ou seja, na seleção de Dunga, vários jogadores são originários do portfólio de Rinaldi. Mantendo o mesmo time, o Brasil corre o risco de ser desclassificado nas Eliminatórias.

Decidido
A senadora Marta Suplicy, candidata à prefeitura de São Paulo e egressa do PT, estará se filiando ao PSB em agosto. No PMDB, no qual seu marido Marcio Toledo é filiado, as negociações não prosperaram. Nesses dias, ela foi ao Recife participar de homenagem a Eduardo Campos, dirigente do Partido morto em acidente aéreo há quase um ano, com direito a fotos ao lado da viúva Renata Campos.

Cassado
Eduardo Gomes de Azevedo, médico e coordenador das clínicas Ana Aslan no Brasil, acaba de ter seu diploma de exercício profissional cassado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo, referendado pelo Conselho Federal de Medicina. Azevedo trabalha, há anos, na área de medicina ortomolecular e entre seus pacientes (é amigo pessoal dele), tem o ex-jogador Pelé.

Olho na Previdência
Para se ter melhor idéia do rombo da Previdência: no ano passado, o déficit totalizou R$ 126 bilhões (2,3% do PIB), sendo R$ 61bilhões do Regime Geral da Previdência Social (INSS), que tem 32 milhões de beneficiários originários do setor privado (incluindo estatais e área privada) e R$ 65 bilhões do Regime Próprio da Seguridade do Servidor, que possui perto de um milhão de beneficiários provenientes do funcionalismo publico. Ou seja: o regime do servidor provoca o mesmo déficit, apesar de cobrir um número que representa 3% dos atendidos pelo INSS.

De novo
Há algum tempo, Maria Bethânia esteve no olho do furacão devido às ruas relações com o Ministério da Cultura, via Lei Rouanet. Agora, um projeto que promete editar um livro de arte (bilíngue) sobre “a cantora mais consagrada da nossa MPB” (é assim que ela é descrita), por conta de seus 50 anos de carreira, consegue autorização para captar R$ 342,3 mil. Artistas plásticos, poetas, fotógrafos e outros farão obras relacionadas aos grandes sucessos dela – e sem cobrar.

Crédito para micros
Ex-vice-governador de São Paulo, ex-presidente da Associação Comercial de São Paulo e ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos está empenhado em criar a Empresa Simples de Crédito, com o objetivo de socorrer pequenos empresários. De cara, vai submeter a iniciativa à arbitragem do Congresso, que já sabe que será uma missão difícil.

 

Projeto Down

 

Contra ratos
A Presidência da República está contratando empresa especializada “para combater a indesejável presença de insetos e animais daninhos em geral” nos palácios do Planalto e da Alvorada. Quem vencer a licitação, vai faturar R$ 86 mil em um ano. “Animais daninhos” referem-se, quase que exclusivamente, a ratos que passeiam pelos dois palácios.

Evitando lugar publico
Provavelmente por conta de vaias e xingamentos recebidos nos últimos tempos pelo ex-ministro Guido Mantega, quando aparece num restaurante de São Paulo, o ex-presidente Lula também tem evitado correr o mesmo risco. Já não frequenta o restaurante Beirute, em Brasília, onde tem mesa cativa. Mantega igualmente tem evitado aviões de carreira, alternativa que Lula só adotou uma única vez depois que deixou o Planalto. Afinal, nem só de jatinhos da Camargo Corrêa e da Odebrecht vive o ex-chefe do Governo.

Grampo na cela
A descoberta de uma escuta ilegal na cela do doleiro Alberto Youssef, confirmada por um agente da Polícia Federal que depôs na CPI da Petrobras, entusiasmou advogados de outros acusados presos pela Lava Jato. A maioria considera o caso “muito grave” e até pensa em anular processos de seus clientes, recurso usado na Operação Satiagraha, que motivou seu arquivamento pelo uso de “instrumentos ilegais” (no caso, grampos não tinham sido autorizados pela justiça).

Agora, Abílio
No próximo dia 21, na Livraria da Vila no Shopping JK Iguatemi, Cristiane Corrêa lança o livro Abílio – Determinado, Ambicioso, Polêmico, onde a autora conta a forma com que Abílio Diniz superou adversidades pessoais, familiares, de negócios e macroeconômicas, incluindo brigas com parentes e sócios. Cristiane é jornalista, palestrante e autora de Sonho Grande, sobre a trajetória de Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira.

Nova data
A informação de que 400 funcionários da Record seriam dispensados para a emissora conseguir arcar com o programa de Xuxa, que teve estreia adiada (de novo) em agosto, gerou uma rebelião na televisão de Edir Macedo. Os contratados mais veteranos não conversam com os novos ligados ao programa da apresentadora e novos ajustes ainda estão sendo feitos. Muitos quadros usarão o X do apelido dela: um é Kama Xutra, outro é Xelfies.

Proposta
Ainda Xuxa: ela ainda não desistiu de fazer entrevista com Silvio Santos e agora, resolveu propor uma troca. Se ele aceitar, ela emprestará seu nome para uma linha de cosméticos da Jequiti.

Protocolo
Quando Dilma voou para Washington, onde encontraria Barack Obama, comentou com alguns ministros que o presidente americano poderia perguntar sobre Lula, a quem chamou de “o cara” há poucos anos. E nem mesmo no jantar, em ambiente mais descontraído, Obama fez qualquer referencia ao ex-presidente. Questão de protocolo – e elegância dele.

Previsão
Mesmo duvidando que o impeachment de Dilma possa acontecer, o ex-presidente Lula comentou, nesses dias, no instituto que leva seu nome, que os ataques à Chefe do Governo poderiam vir em três frentes: do TSE (fraude na campanha, se comprovada por Ricardo Pessoa), do Supremo (CPI) e do TCU (Congresso). É por conta dessas ações, que teria recomendado à criatura melhores relações com parlamentares e com o Judiciário.

 

 

 

 

 

 

 


Cheia de esperança
No programa de Fausto Silva, quando ele disse que o Brasil era “o país da desesperança”, Marieta Severo, a Fanny de Verdades Se-cretas, tratou de rebater: “Não é nada disso, sou otimista, já conquistamos muita coisas e vamos sair dessa. Eu sou uma mulher cheia de esperança”. Virou po-lêmica entre as redes sociais. Agora, Marieta Severo, que se li-bertou rapidamente da Dona Nenê de A Grande Família, é capa e recheio de Wow!, com direito a muito humor.




Edições Anteriores:  

  ;-) Relógios pequenos.

:-( Relógios grandes.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 


Homenagem - Giba Um acaba de receber uma homenagem, na posse do novo presidente da Federação Brasileira de Colunistas Sociais, Ovadia Saadia, na Assembléia Legislativa, da entidade e da Organização Brasileira de Mulheres Empresariais, por seus 40 anos de colunismo e pelos 30 anos de atividades do Projeto Down – Centro de Informação e Pesquisa da Síndrome de Down, ligado a ONU, do qual é fundador e presidente honorário.

Ruy Altenfelder Silva entrevista no programa Dialogo Nacional o colunista Giba Um.


© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br