“Os negros deviam é ficar felizes, porque assim não precisam ir para aquela merda.”

Tim Burton, cineasta, sobre a falta de indicações de negros para o Oscar.


Ano XI - 12 de Fevereiro de 2016

 

Outra disputa
Nesses dias em que está enfiado no meio de uma série de denúncias e tem dúvidas sobre sua candidatura em 2018, Lula vem tirando nomes alternativos do bolso. Já falou que, se Fernando Haddad conseguir se reeleger em São Paulo, seria um bom nome para a Presidência; agora, cismou com a possibilidade de Fernando Pimentel, governador de Minas Gerais, também ser candidato, mesmo ameaçado de ser cassado pelo TSE a até de ser preso. É uma manobra que também serve de provocação a Dilma Rousseff, ex-companheira de guerrilha de Pimentel, mas que já tem seu nome favorito na bolsa. É Aloizio Mercadante, da Educação, com quem voltou a conversar sobre tomar decisões, ao lado de outra figura de confiança: José Eduardo Cardozo, da Justiça.

Natural
O ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, envolto num trabalho de persuasão de aliados para obter votos para a reforma da Previdência e da CPMF, acompanha essa movimentação, ainda discreta, do criador e de sua criatura. Em muitos círculos do PT, Wagner é o mais falado e ele próprio se considera “um candidato natural” ao Planalto, caso Lula desista da empreitada. Hoje, o ex-presidente admite que poderia ser derrotado.

Mais um
Nos últimos tempos, também sob muita discrição, quando quer saber informações seguras sobre os aliados, especialmente o pessoal do PMDB, a presidente chama para conversa Aldo Rebelo, ministro da Defesa, que tem boa circulação e já foi ministro da antiga pasta de Relações Institucionais.

Trocando de posição
Nesta semana, Lula divulgou mensagens pelos 36 anos do PT e apenas defendeu o legado do partido, admitiu erros em sua trajetória e disse que a sigla sempre incomodou adversários pela defesa dos mais humildes. È uma repetitiva cantilena. Ainda aguarda – e seus filhos fazem pressão – uma defesa por parte de Dilma que prefere que ele fale antes. Aí, demonstraria solidariedade. Mais: até ministros palacianos acham que, se fosse Dilma Rousseff a acusada, o ex-presidente agiria da mesma forma, como já fez com petistas do primeiro escalão, presos ou soltos.

Suspensa
A Presidência da Republica acaba de suspender a compra de 31,5 toneladas de ração de primeira qualidade, destinada a aves e peixes do Palácio da Alvorada e da Granja do Torto.

Poderosas
Klebber Toledo, que foi visto aos beijos na Sapucaí com a apresentadora Mônica Iozzi, vai ser o muso do Bloco das Poderosas, da cantora Anitta, que sai amanhã no centro do Rio. A musa é Monique Alfradique e os padrinhos Marcus Majella e Gabriele Pugliese. E tem rainha também: Giovanna Ewbank.

Dois encontros
O vereador Andrea Matarazzo (PSDB-SP) conversou a sós, em meio aos feriados de carnaval, com o governador Geraldo Alckmin: é a segunda vez que eles se encontram e o resultado é o mesmo. Alckmin garante que apoiará o candidato que for escolhido pelo partido e não esconde sua predileção por João Dória Jr. Mais: Alckmin também já conversou com Ricardo Tripoli, deputado federal e incentivou-o a se manter na disputa interna no diretório municipal do PSDB.

Plano B
O PSD de Gilberto Kassab continua oferecendo a legenda para Andrea Matarazzo, enquanto espera para ver outros desdobramentos na disputa interna do PSDB. Nos bastidores, fala-se também num plano mais ousado: unir Matarazzo a Marta Suplicy, com os olhos esticados nas eleições para governador de São Paulo em 2018. O problema é que, no passado, Matarazzo foi um dos maiores críticos da passagem de Marta Suplicy pela prefeitura paulistana e se acha intimamente ligado ao PSDB, onde tem o apoio de FHC e dos ex-governadores José Serra, hoje senador e Alberto Goldman.

Super-receita
O governo está empenhado na CPMF, alegando que não pode abrir mão de seu resultado de R$ 80 bilhões. Só que nove entre dez analistas da receita do governo de Dilma Rousseff preveem para 2016 um novo patamar de arrecadações: R$ 2,95 trilhões até dezembro. Esse valor é a soma de impostos, tributos, taxas, multas, cobranças judiciais, incluindo recentes aumentos de contribuições, já em vigor. Se a previsão for confirmada, o resultado seria o dobro da receita do último ano do governo Lula em 2010.

Sem kits
Há cinco meses o Ministério da Saúde não envia aos estados kits de sorologia para exames de detecção de dengue, incluindo Rio, São Paulo e Goiás que registram maior incidência de casos. O Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, pediu ao Ministério nos últimos cinco meses, cerca de 2,5 mil kits e nenhum foi entregue até o momento. No ano passado, o Brasil registrou 1,6 milhão de casos suspeitos de dengue, um aumento de 180% em relação a 2014.

Olho na segurança
Uma delegação no governo federal foi ver de perto a final da temporada do futebol americano em Santa Clara, nos Estados Unidos. Ficaram cinco dias por lá acompanhando ações de segurança do Super Bowl. Quaisquer novidades serão usadas também nos Jogos Olímpicos. De quebra, os enviados especiais assistiram os shows de Lady Gaga, Coldplay, Beyoncé e Bruno Mars.

Invasão
Até o final do ano passado, foram vendidos 603 mil ingressos para os Jogos Olímpicos e os americanos foram os que mais compraram tíquetes, 88 mil. Os franceses adquiriram 54 mil, os alemães, 42 mil, e australianos, 41 mil. Os japoneses foram os que compraram menos: 35 mil. Agora, com a onda do zika vírus, há quem aposte que o volume de estrangeiros poderá diminuir, mesmo com o fim da exigência de visto para turistas dos Estados Unidos, Austrália e Japão durante a Olimpíada.

Outra transmissão
As escolas de samba não concordam, mas o atual modelo adotado pela Globo nas transmissões do Carnaval deverá ser modificado. A audiência vem caindo e a emissora quer reduzir o tempo de exibição dos desfiles. Outra possibilidade é adotar um atraso de alguns segundos, tentando evitar falhas técnicas e gafes, como muitas que ocorreram este ano com Fátima Bernardes e Luis Roberto. O que ninguém aguenta mesmo são aquelas entrevistas depois de cada desfile.

Advogada
Ex-Video Show, Mônica Iozzi deverá ganhar um papel especial na série A Advogada do Diabo, de Fernanda Young e Alexandre Machado. Tony Ramos, que dará um tempo nas novelas, será o próprio Diabo e Mônica, sua Advogada.

Na conversa
O presidente do PSDB, Aécio Neves, conversou com o presidente do Senado, Renan Calheiros e sugeriu um grande conselho de senadores para criar uma melhor pauta legislativa para este ano. Renan gostou e está convocando os parlamentares para um primeiro encontro na próxima terça-feira. Ele pensa numa agenda que agrade senadores governistas e opositores, o que não é uma missão fácil.

Entra e sai
No Carnaval do ano que vem, Claudia Leite não será mais rainha da bateria Mocidade Independente. A escola não gostou da ausência dela nos ensaios e tampouco de sua performance na avenida, Claudia será substituída por Anitta. Já a Grande Rio trocará também sua rainha: entra Monique Alfradique e sai Paloma Bernardi.

Olho nos Jogos
Num esquema modesto, a Band terá José Luis Datena na equipe de transmissão dos Jogos Olímpicos. A única novidade da emissora do Morumbi para a Olimpíada é a contratação de Alvaro José, que estava na Record.

Vinho caro
A ministra Kátia Abreu da Agricultura, recebeu amigos antes do carnaval, em sua residência, para comemorar seu aniversário. Com bom humor dizia que não jogaria vinho em ninguém, lembrando o famoso episódio com José Serra, no ano passado. “Aquele vinho era muito caro (custava R$ 352 a garrafa). Se soubesse, teria tomado”.

Estamos juntos
Na internet, enquanto Dilma Rousseff não toma fôlego para fazer qualquer defesa de Lula, os sites de humor deitam e rolam nas relações meio abaladas entre criatura e criador. Num deles, aparece Lula depressivo, cabisbaixo, atendendo um telefonema dela. Aí Dilma diz: “Estamos juntos!” É uma ironia  em cima da frase cometida pelo mesmo Lula no dia em que Dirceu foi preso pela primeira vez pela Lava-Jato.

Carne forte
A CPI do BNDES chega a seu final sem que representantes do grupo JBS, um dos mais beneficiados com recursos do banco (é seu sócio, inclusive), sejam ouvidos. Vinte dos 27 integrantes da comissão receberam contribuições de campanha do poderoso conglomerado.

Velhos amigos
O ex-presidente Lula esteve, esta semana, com Jacó Bittar, seu velho amigo e pai de Fernando, sócio de Fábio Luis Lula da Silva e proprietário formal do sítio de Atibaia. Chegou no começo da tarde no edifício onde Bittar mora, na Ilha Porchat, em São Vicente. Pode ser lançado novo comunicado do Instituto Lula, dizendo apenas que Lula estava com muitas saudades do velho companheiro.

Candidato
Thammy Miranda vai se candidatar a vereador por São Paulo nas eleições municipais deste ano. Ele acaba de se filiar ao PP – Partido Progressista, o mesmo de Jair Bolsonaro e Paulo Maluf. A ficha de filiação foi endossada pelo presidente do diretório paulista, deputado Guilherme Mussi, casado com Rebeca Abravanel, uma das filhas de Silvio Santos.


Folia nos camarotes
Alguns com menos espaço e menos convidados, outros com mordomia reduzida e alguns poucos mantendo o clima de carnavais anteriores, os camarotes reuniram muita gente do showbiz brasileiro. Em São Paulo, o camarote do Bar Brahma era um dos mais movimentados e, no Rio, entre outros, o camarote da Boa (Antarctica) reunia grupo de estrelas da TV. Da esquerda para direita, Luana Piovani, Sabrina Sato, Debora Secco (emagreceu 19 quilos em 15 dias) e Juliana Paes.

Edições Anteriores:  

  ;-) Sorvete de caipirinha.

:-( Sorvete de Mimosa.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 



© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br