F x

“Cambista é um instituto universal, né? Não conheço um lugar que não tenha.”

Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2016.




Ano XI - 22 de julho de 2014


O mesmo casaco
As fashionistas estão em polvorosa diante da possibilidade de Dunga, novo técnico da seleção brasileira, voltar a usar o mesmo casaco da campanha de 2010 na Copa da África do Sul, quando o Brasil foi desclassificado nas oitavas de final. Muitas, na época, chegaram a classificar o casaco como “um insulto à moda”. Foi presente de sua filha e Dunga sempre leva a peça quando viaja para um lugar mais frio – ou mesmo no inverno brasileiro. Blogueiras de moda, contudo, acham que o casaco de Dunga encontrará rivais da CBF: são os paletós de Marco Polo Del Nero, presidente eleito da entidade. Suas golas, atrás do pescoço parecem voar, lembrando o estilo do general João Figueiredo.

O homem da mala
A nomeação de Gilmar Rinaldi, agente de jogadores que era licenciado junto à Fifa e exercia funções de observador da CBF (desde os tempos de Ricardo Teixeira), como novo coordenador de seleções da entidade, surpreendeu até gente chegada a José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. Eles não ouvem ninguém a não ser o assessor Alexandre da Silveira, outra herança de Teixeira, que controla a agenda e carrega as pastas dos dois, como carregava a do ex-presidente da CBF. A ideia de Gilmar é dele e também a escolha de Dunga passou pela aprovação de Silveira.

Lula no comando
A idéia não é do marqueteiro João Santana: é do próprio Lula que vê nessa alternativa a única grande saída para reverter os percentuais de intenção de votos para Dilma Rousseff mostrados nas pesquisas e tentar levar sua pupila à vitória no primeiro turno. No programa de TV da candidata-presidente será Lula que aparecerá no comando das ações, como se fosse um âncora de um telejornal. E a cada momento, ele reforçará a imagem de que ela é sua herdeira, como já foi em 2010. O ex-chefe do Governo repassará tudo de bom que ele acredita que aconteceu no país em seus dois períodos no poder, tratando o primeiro governo de Dilma como uma etapa que deverá ganhar mais quatro anos.

Condição
A presidente Dilma vinha reclamando que queria ter uma maior participação de Lula na campanha e ele não queria comparecer em estados onde os acordos políticos poderiam lhe trazer algum desconforto. A idéia de aparecer, todos os dias, no horário eleitoral surgiu porque ele aposta em sua força de convencimento do eleitorado, até nas grandes metrópoles aonde a presidente vai mal. Contudo, esse super-socorro terá um preço: Lula deverá ter maior controle do próximo governo dela, caso consiga reelegê-la.

Atração especial
A veterana atriz Jacqueline Bisset, 69 anos, é a atração especial do 6º Festival de Cinema de Paulínia, interior de São Paulo, que começa hoje e vai até dia 27 próximo. Ela está no elenco de Bem-vindo a Nova York, de Abel Ferrara, ao lado de Gerard Depardieu, que já promoveu, em maio no Festival de Cannes. Conta os bastidores do escândalo sexual que derrubou as ambições políticas do francês Dominique Strauss-Kahn, em 2012, quando era diretor do FMI e pensava em se candidatar à presidência da França. Há anos, está rompida com Hollywood.

Regras da fé
A Igreja Universal, do bispo Edir Macedo, editou um manual de comportamento para quem quiser conhecer e frequentar o Templo de Salomão, no bairro do Brás, em São Paulo, que será inaugurado dia 31 próximo, com a presença da presidente Dilma Rousseff, acompanhada de ministros. Algumas das regras: é proibido entrar de boné, camisa sem manga ou de time, roupa com mensagem política ou comercial, chinelo, bermuda, decote, minissaia e óculos escuros.

Projeto Down

Mulheres em campo
Movimentos de mulheres e feministas acabam de lançar a campanha virtual não estuprem uma mulher duas vezes contra a tentativa do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de derrubar a lei que garante acesso ao aborto legal a vitimas de violência sexual. Já enviaram petição com sete mil assinaturas diretamente a Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara, pedindo que o projeto de Cunha não seja votado. “Enquanto estávamos distraídas com a Copa, a bancada conservadora tentou roubar das mulheres um direito já garantido por lei: o de não ter filho de um estuprador”.

Silencio
Até agora, a presidente Dilma Rousseff não fez nenhum comentário sobre a tragédia dos 283 passageiros de um Boeing mortos nos céus da Ucrânia por um míssil russo que provocou a reação de toda a comunidade internacional culpando o presidente Vladimir Putin.

Nas redes sociais
Rodrigo Paiva, demitido da Comunicação da CBF, também fez um bom trabalho no Mundial. Durante a Copa, o canal da entidade no YouTube pulou de 10 mil para 90 mil assinantes; a conta do Facebook ultrapassou seis milhões de fãs; do Twitter superou 2,2 milhões de seguidores e a do Instagram passou a ter 291 mil. Se não tivesse ocorrido o vexame dos 7 a 1 contra a Alemanha, os resultados seriam muito maiores.

Atrás de Campos
PT e governo ainda não desistiram de fazer o candidato Eduardo Campos desistir de sua peregrinação à Presidência. Argumentam que, à essa altura, a candidatura já dá mostras de que está esfarelando e que ele deveria considerar logo a possibilidade de se reintegrar ao projeto petista para que Dilma tenha maiores chances de levar no primeiro turno. Acham que ela logo passará dos 40%. O candidato do PSB não quer ouvir falar da hipótese: para ele, significaria o enterro de sua carreira política.

Na garganta
O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, está com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, entalado na garganta. No encontro promovido pelo Planalto para fazer um balanço da Copa, Aldo deveria ser a principal figura por conta da centralização das ações vitais do governo no Mundial. Aí, Mercadante acabou sendo uma espécie de mestre-de-cerimonias do evento e pouco tempo depois, na maior discrição, o ministro do Esporte saiu de fininho do local. Depois, reclamou com um assessor: “Não sou obrigado a aguentar esse tipo de coisa”.

Dose reforçada
Nos últimos capítulos da naufragada novela Em Família, que terminou com o pior índice do horário, Manoel Carlos resolveu reforçar a dose de personagens lésbicas e colocou no ar mais um casal de mulheres apaixonadas. Agora, em Império, Aguinaldo Silva começa com nada menos do que quatro personagens gays: um casado que sai do armário às escondidas, seu namorado, um colunista social e um cabeleireiro.

Mais um
Dilma Rousseff já não havia gostado da posição do ministro José Eduardo Cardozo, da Justiça e do titular da Advocacia-Geral da União, Luiz Inácio Adams, protestando contra a prisão (não relaxada com habeas corpus) dos aprendizes de black blocs do Rio. Depois, ficou mais irritada com nota publicada nos jornais de Rui Falcão, presidente do PT e coordenador de sua campanha eleitoral defendendo os furiosos ativistas. E mandou um recado para ele: deve discutir com os ministros Aloizio Mercadante e Ricardo Berzoini antes de adotar quaisquer posições desse tipo.

Atração na Broadway
Hillary e Bill Clinton já inspiraram até série de TV, Political Animals, com Sigourney Weaver na versão de ficção da ex-primeira-dama e senadora de olho na sucessão de Obama: agora, o casal está na Broadway, num espetáculo chamado Clinton: the musical, do australiano Michael Hodge. Dois atores interpretam Clinton: um, o político que quer mudar o país; outro, o homem que não resiste nem a uma estagiária. E dentro de semanas, estreia outra montagem chamada A Woman on Top, de Dale Kiken e Rhonda Kess, mais focado em Hillary.

Futebol à meia-noite
A Rede Globo já vem impondo jogos de futebol às 22h30 para não atrapalhar suas novelas e financia clubes que lhe devem mais de R$ 500 milhões por conta de direitos. Agora, com a novela O Rebu ocupando o horário das 23h, os jogos poderão iniciar à meia-noite, antes do Jornal da Globo. O programa de Jô Soares passaria para as três horas da madrugada. Importante mesmo é ter 50 mil pagantes pela SportTV, que pode chegar à media de R$ 400 mil de receita no pay per view.

Atchugarry no Mube
Será inaugurada no próximo dia 24, no Mube – Museu Brasileiro de Escultura, em São Paulo, a exposição de um dos maiores artistas plásticos da América latina, Pablo Atchugarry, uruguaio que já ganhou o Michelangelo Award. Ele tem ateliers em Lecco, na Itália e em Punta del Este, no Uruguai e nos anos 70, descobre no mármore de Carrara um material fascinante para suas obras. Em 2002, na 50º Bienal de Veneza, mostrou Sonhando com a Paz, com cinco elementos, dois deles em mármore, chegando a medir 3,50m de altura.

Shakira
A cantora Shakira é a primeira celebridade a alcançar a marca dos 100 milhões de seguidores no Facebook. A foto em que aparece cantando no Maracanã, na final da Copa, recebeu 3,5 milhões de curtidas em quatro dias.

A volta do cabaré
Grupo de alunos da Escola Superior de Arte Celia Helena fundou a Cia. Staze e está ressuscitando no Teatro Ágora, no Bexiga, em São Paulo, o gênero cabaré numa bem-humorada releitura de texto do alemão Karl Valentin. É o Cabaré K, com esquetes, músicas e luxuria, só aos sábados e domingos.

Dose dupla
A atriz Gisele Itié, 32 anos, mexicana de nascimento, casada com o ator Emílio Dantas, pode ser vista em dose dupla na televisão: de um lado, está substituindo Chris Flores, de férias, no programa Hoje em Dia; de outro, exibe sua nudez na reapresentação da série Mandrake, na HBO, em cena caliente com o ator Marcos Palmeira.

Outras vaias
José Maria Marin, presidente da CBF e Marco Polo Del Nero, que assumirá a presidência da entidade em abril do ano que vem, foram jantar na pizzaria Cristal, em São Paulo, noite dessas. Na saída, reconhecidos,  acabaram vaiados pelos frequentadores. Só faltou um coro semelhante ao que Dilma Rousseff levou no Itaquerão e no Maracanã.

Novo candidato
Nem Thiago de Mello, nem Zuenir Ventura: o novo nome bem contado para a vaga de João Ubaldo Ribeiro na Academia Brasileira de Letras é o do historiador Evaldo Cabral de Mello. É o irmão do poeta João Cabral de Mello Neto.

Traído
Diante das últimas pesquisas, o ex-presidente Lula confessa se sentir “traído” com o percentual de intenções de voto no ABC para Aécio Neves que supera Dilma Rousseff. A região marca a origem do sindicalista e depois político e ele mora em São Bernardo, que tem como prefeito Luis Marinho, ex-presidente da CUT e ex-ministro de seu governo.


Marina MantegaVocês vão ver tudo!
A atriz Cameron Dias, 41 anos, está em alta por conta do filme Sex Tape, que estreia no Brasil no final de agosto: é capa e recheio das novas edições de Glamour, Harper’s Bazaar e Esquire, onde aparece num ensaio sensual. No filme, ela e Jason Segel vivem um casal em difícil fase do casamento que decide gravar cenas em plena ação sexual. Pela primeira vez em sua carreira, Cameron, aparecerá totalmente nua. E ela avisa: “Preparem-se: vocês vão ver tudo!”

Edições Anteriores:  

  ;-) Chá de gengibre. :-( Chá preto.
Ruy Altenfelder Silva entrevista no programa Dialogo Nacional o colunista Giba Um.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 


© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br