F

 “Gostava muito de ter o Kaká. É alfabetizado, tem os dentes todos na boca, é bonito, fala bem.”

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, sonhando em contratar o jogador do Milan.

 




Ano XI - 25 de abril de 2014

 

Blog pioneiro
Ex-presidente do extinto Tribunal de Alçada Criminal, ex-presidente da Academia Paulista de Letras e presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, José Renato Nalini (esquerda), acaba de receber a visita de Rogério Amato, presidente da Associação Comercial de São Paulo e da Facesp. Cordiais amigos, conversaram sobre justiça, comércio, política e até eleições. Nalini, escritor, é o primeiro presidente do TJ a manter um blog onde escreve sobre diversos assuntos sob a ótica da justiça com direito a comentários. No último texto, repudia o Estado contemporâneo de querer ser “tutor do cidadão”.

Quem não se comunica
A comunicação do governo é ruim: deve melhorar com urgência porque até compromete a campanha de Dilma: a conclusão é do bloco que cuida da nova peregrinação eleitoral da Chefe do Governo, reunido, no começo da semana. O marqueteiro João Santana quer dar mais visibilidade a projetos estratégicos e eventuais bandeiras da campanha. Gostaria também de centralizar as peças publicitárias de ministérios e estatais para que todos os setores obedeçam à mesma tônica. Em sintonia com Lula, com quem sempre troca idéias e informações, Santana avisou que o ex-presidente usará sua rede de blogs amigos para falar, enquanto a grande mídia fica com Dilma (o que ele falar será coberto pela imprensa). E quer esquentar as tuitadas presidenciais.

Nem look
Quem diria: o senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP), 41 aos, candidato à Presidência, pressionado por companheiros que achavam que ele “tem uma cara muito jovem”, resolveu fazer algumas alterações no visual. Adotou luzes louras nos cabelos, trocou de óculos e estudava outras mudanças até que alguns assessores acharam melhor correr atrás de votos do que ganhar um new look. Hoje, Randolfe tem menos de 1% de intenção de votos nas pesquisas.
  
Pró-índio
Acaba de ser lançada uma campanha chamada Tamuaté-aki, criada pela plataforma Uma gota no oceano, defendendo direitos dos índios. O nome, que parece de tribo, e uma adaptação bem-humorada da expressão Tamos até aqui e entre seus fundadores estão o cineasta Marcos Prado e os atores Maria Paula e Marcos Palmeira, queridinho de Marina Silva. Marcos Prado até rodou um filme sobre abusos cometidos contra indígenas. Nele, estão Wagner Moura, Mariana Ximenez, Dira Paes, Giulia Gam, Alexia Deschamps, Cláudia Ohana e até Pedro Scooby, marido de Luana Piovani.

Contra-ofensiva
O posicionamento de Eduardo Campos contra o aborto ganhou, nas redes sociais, maior dimensão do que se imaginava, é louvado pelos católicos e provocou a ira de integrantes de partidos mais radicais à esquerda, que defendem a liberação. Os protestos desse bloco contra Campos (Marina Silva é evangélica, também contra o aborto, só que não falou ainda publicamente) poderão ganhar manifestações de rua, o que já aconteceu em outros países, mesmo lembrando que o Brasil ainda é o país com mais católicos do mundo.

Quem estava
Agora, já se sabe que, em reunião de diretoria da Petrobras, em fevereiro de 2008, quando Nestor Cerveró informou que a estatal deveria desembolsar US$ 787,6 milhões para comprar 50% remanescentes de Pasadena, estavam presentes Sérgio Gabrielli, Almir Barbassa, Guilherme Estrella, Renato Duque, Paulo Roberto Costa e – surpresa – a atual presidente da companhia Graça Foster. Na época, era diretora de Gás. E aprovou a compra.

Projeto Down

Fonte segura
Mesmo denunciada ao Conselho Nacional do Ministério Público pelo Advogado Geral da União, Luiz Inácio Adams, que alegou que ela agiu de má fé, a promotora Márcia Milhomens Correa, ciente de que está mexendo num vespeiro, enviou novo oficio à Vara de Execuções Penais pedindo informações sobre eventuais ligações feitas da Papuda ao Planalto. Alega que o MP recebeu denúncia informal de que houve o contato. A promotora, que tentou quebrar o sigilo do Planalto, tem convicção das ligações: a “denúncia informal” veio de fonte segura e confiável. Só que ela não pode revelar.

Lula sabia
O ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, vai continuar dizendo que “Dilma precisa assumir suas responsabilidades” no episódio da refinaria Pasadena, malgrado os esforços do governador Jaques Wagner e do próprio Lula para tentar acalmá-lo. O ex-chefe do Governo sabe que, na seqüência da pressão contra Dilma, ainda vai sobrar para ele, malgrado garanta que “está por fora” da batalha: Motivo: na época, Gabrielli tinha canal direto com Lula e, como outras tantas decisões importantes da Petrobras, a compra da Pasadena foi devidamente informada ao então presidente.

Irmã Dulce na telona
No ano de seu centenário, a beata Irmã Dulce, indicada ao Prêmio Nobel da Paz, poderá ganhar um filme sobre sua história, incluindo milagres já reconhecidos por comissão especial do Vaticano. Está sendo rodado na Bahia, com direção de Vicente Amorim, contando toda a trajetória da religiosa. No elenco, Bianca Comparato e Regina Braga como protagonista. Regina é casada com o médico Dráuzio Varela, mãe do ator Gabriel Braga Nunes e nos últimos anos, em entrevistas, assumiu sua bissexualidade.

Questão de conteúdo
Eduardo Campos jantou, esta semana, na casa do presidente da Sky, Eduardo Baptista, o que já gerou muita polemica porque as grandes redes a cabo não são a favor da obrigatoriedade do conteúdo nacional e regional em suas grades de programação. Os produtores nacionais acham que conversar com empresários poderosos faz parte da campanha. Só que o candidato que se comprometer em reformular as quotas nacionais, ganhará o protesto de todo o showbiz tupiniquim.

Admiradora
Ninguém é perfeito: a modelo e apresentadora de TV Fernanda Lima acaba de confessar, numa entrevista, que é admiradora da presidente Dilma Rousseff. Acha a Chefe do Governo “uma mulher de muita coragem” e que poderá ganhar seu voto em outubro.

Congestionamento
Os três principais candidatos à Presidência querem garantir presença na super-feira Expozebu, em Uberada, no começo de maio. O problema é não cruzar com outro postulante do Planalto. Aécio Neves topa ir dia 2, quando acontece uma pré-inauguração e um leilão beneficente; Dilma quer ir dia 3, levando Lula a tiracolo; e Eduardo Campos está esperando a confirmação das outras agendas para encontrar seu espaço.

Sem piedade
Embora o apoio a André Vargas (PT-PR) consiga reunir deputados petistas do primeiro time, como Candido Vaccarezza e José Mentor, os dois de São Paulo, Lula mandou nova mensagem a seus comandados do partido: nenhuma piedade com Vargas.

Cana aérea
Nem só de comprar caças suecos Gripen vive a Aeronáutica: agora, o Comando abriu licitação para a comercialização de uma lavoura de cana-de-açúcar produzida numa área de 2.700 hectares, pertencente à fazenda da Força em Pirassununga, interior de São Paulo, por 60 meses. Quem ganhar, deverá fazer tratos culturais, manutenção e renovação do canavial.

Escolhido
Como José Serra jamais pensou em ser vice de Aécio Neves, a cúpula tucana volta a se concentrar na escolha do senador Aloysio Nunes Ferreira (SP) para formar ao lado do mineiro na corrida ao Planalto. O temor de que o nome de Aloysio pudesse ser ligado ao episódio Alstom/Siemens foi deixado de lado: ele não teve nada a ver com o imbróglio. No passado, foi revolucionário e no governo de Serra, era o secretário do Governo, sempre atento à grandes obras. Em 2010, formou ao lado de Alckmin e teve 11 milhões de votos.

Olho no Senado
Roberto Freire, no passado, chegou a oferecer o PPS para José Serra sair candidato ao Planalto: agora, seu partido é o único conhecido nacionalmente fechado com a candidatura de Eduardo Campos à Presidência. A nova negociação em andamento é a possibilidade de Freire sair candidato ao Senado ao lado de Geraldo Alckmin que quer ser reeleito governador de São Paulo. Seria uma manobra para tentar trazer o apoio do PSB à candidatura tucana, apesar de Marina Silva continuar querendo lançar nome do próprio partido.

Rótulo
O jornalista e publicitário Mário Ribeiro usou, pela primeira vez, a expressão, num artigo e logo proliferou na internet: o marqueteiro João Santana tem sido rotulado de “nosso Goebbels”.

Lifting de vampiro
Luciana Gimenez acaba de usar o Instagram para compartilhar vídeos e fotos de tratamento estético realizado em Nova York, onde aparece sangrando após aplicações no rosto. É o mesmo procedimento feito por Kim Kardashian: chama-se lifting de vampiro e consiste em retirar sangue do corpo e reaplicar com uma seringa no rosto. Os seguidores de Luciana estrilaram: “Não dá para te seguir mais! Não sabia que você era tão freak!”

De cueca
Durante conversa com Téo José e Neto depois da partida entre Real Madrid e Bayern, pela Champions League, esta semana, José Luiz Datena, apresentador do Brasil Urgente, fez uma promessa, lembrando antes que sempre foi contra a Copa no Brasil: “Vou torcer pelo Brasil. Se ele não for campeão, apresentarei meu programa de cueca verde e amarela”.

Inspeção
O secretário da Aviação Civil da Presidência, Moreira Franco, resolveu aproveitar os feriados da Semana Santa para visitar aeroportos brasileiros, vendo de perto seu funcionamento e pensando no movimento da Copa do Mundo. E não deixou por menos: “Estamos prontos”. Na volta ao Rio, encontrou o Galeão com o sistema de ar condicionado desligado por problemas e apenas um elevador funcionando. O outro estava parado, aguardando a equipe de técnicos.


Clipe insano
Katy Perry, 30 anos, que já vendeu 75 milhões de singles e nove milhões de álbuns em todo o planeta, acaba de divulgar uma prévia do clipe Birthday, onde se fantasia de alguns personagens que contam um pouco de sua história. Entre eles, uma princesa fútil, um palhaço alcoólatra e uma dançarina de cabaré de terceira idade (destaque). “É o clipe mais insano que já fiz”. Agora, ela se prepara para a turnê internacional de Prismatic, a partir de maio.

Edições Anteriores:  

  ;-) Barba feita. :-( Barba por fazer.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.







Na capa do Meio & Mensagem, em junho de 1987, quando comemorava 20 anos de coluna. A Manager Comunicação, maior agência de Relações Públicas e Assessoria de Comunicação do país, tinha Gilberto como presidente.


© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br