“Estamos à beira do precipício. Ou fazemos reformas ou caímos nele!”

Eliseu Padilha (Casa Civil), sobre o andamento das reformas no governo.


Ano XI - 24 de agosto de 2016

 

De frente com Judas
Sem citar nomes, o ex-presidente Lula, em entrevista a BBC Brasil, disse que Dilma irá se “expor corajosamente” no Senado “para que o Judas Iscariotes possa acusá-la na frente dela”. A presidente afastada ainda acredita que conseguirá, em seu depoimento no Senado, constranger seus ex-ministros senadores que estão do outro lado a votarem pela sua permanência. Lula já não sabe se é teimosia ou pura ilusão. Os petistas torcem para que a novela termine logo e ela saia, como se anunciou, para um longo período no Exterior. A distância facilitaria um pouco a vida dos candidatos petistas em outubro.

Sem provas
Ainda na entrevista à BBC Brasil, Lula disse, sobre o inquérito de suspeita de obstrução à Justiça, que é alvo de mentiras e vítima de acusações sem provas. “E eu estou tranquilo, tenho consciência do meu papel nessa história toda, estou tranquilo porque eles inventaram que eu tenho um apartamento e vão ter que provar que o apartamento é meu, ou me dar um apartamento”.

Hora da posse
Embora a fatura do impeachment ainda não esteja liquidada, Planalto e Senado já discutem como seria a cerimônia de posse de Michel Temer como presidente efetivo da República, em sessão solene do Congresso. A votação final do processo de Dilma acontece entre os dias 30 e 31 próximos. Só que dia 31 é data de embarque de Temer para o G-20 na China e o que pode acontecer é uma cerimônia muito rápida, sem discursos, como aconteceu em 1992 na posse de Itamar Franco. A propósito: a faixa original com o broche já está pronta.

Open house
A primeira-dama Marcela Temer já está se dedicando aos preparativos da celebração de 76 anos de Michel Temer, no dia 23 de setembro. Correndo tudo bem, haverá uma espécie de open house no Palácio da Alvorada, para parlamentares, ministros, presidentes de estatais e por aí vai.

Morno
O primeiro debate dos candidatos à prefeitura de São Paulo, esta semana na Band, foi animador para Celso Russomano que permaneceu quase a salvo dos ataques dos demais concorrentes. Marta Suplicy, João Dória e Fernando Haddad trocaram farpas o tempo todo. Eles acreditam que o percentual de votos de Russomano vai desabar no horário político pela TV. Marta e Dória também acreditam que Lula poderá alavancar a candidatura à reeleição de Fernando Haddad. No geral, o debate foi, no máximo, morno.

Olho na Previdência
O presidente interino, Michel Temer, já decidiu que a prioridade máxima de seu governo será a reforma da Previdência. E quer alcançar resultados no curto prazo (redução da pensão por morte e contribuição do trabalhador rural) e de longo prazo (aposentadoria aos 65 anos e tempo de contribuição de 20 anos). Não é uma tarefa fácil: são 27 milhões de aposentados e 53 milhões de contribuintes do INSS.

Sem dinheiro
Candidatos petistas às prefeituras continuam batendo na porta da direção nacional em busca de dinheiro. E a todos, o presidente Rui Falcão repete: “Não tem dinheiro. Não adianta pedir”. E manda todo mundo ir atrás de doações de pessoas físicas.

Quanto custou
Repórteres, cinegrafistas, equipe técnicas, transporte e a Casa da Globo, centro de equipamentos na Barra da Tijuca a poucos metros dos ginásios, um prédio de 500 metros quadrados e três andares, com fachada de vidro em dois pisos superiores, o investimento da Globo, incluindo SportTV, nos Jogos Olímpicos foram de US$ 250 milhões, perto de R$ 800 milhões.

Projeto Down

De novo
Neymar Jr. e Bruna Marquezine estão se reaproximando.

Digitais
Mais emoção do que atração, menos efeitos e mais gente com figurinos excepcionais, a carnavalesca Rosa Magalhães deixou suas impressões digitais na festa de encerramento dos Jogos Olímpicos.

Juros iguais
Nove entre dez economistas de plantão apostam que o Banco Central não começará baixar os juros este ano. A Selic deverá ser mantida em 14,25% até o começo de 2017.

29 bilhões
Os senadores que apoiam a regulamentação dos jogos tem um novo argumento para atrair votos governistas: estimam que, nos primeiros três anos, o setor poderia render R$ 29 bilhões em impostos.

Bônus
Cada jogador da seleção brasileira de futebol ia ganhar R$ 200 mil de bônus e Neymar ganharia R$ 500 mil. Aí o jogador foi em cima da CBF, estrilou, e cada um receberá R$ 500 mil.

Casório
Danielle Winits e André Gonçalves vão se casar. Bem feito para os dois.

Super-propina
Executivos da Odebrecht, em tentativa de delação premiada disseram que a empreiteira pagou R$ 100 milhões em propinas ao PT, intermediadas pelo ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega. A maior parte dos pagamentos teria sido feita em troca de benefícios obtidos com projetos como desoneração de folha de pagamentos e redução do IR sobre lucro de empresas no Exterior.

Nada de fardão
Maitê Proença usou sua página no Facebook para dizer que não vai se candidatar à cadeira 22 da Academia Brasileira de Letras, antes ocupada por Ivo Pitanguy. Ela tem seis livros publicados e três peças encenadas e foi amiga do cirurgião plástico. “Apesar de alguns apelos, não me candidatarei à vaga do professor”. E está apoiando a candidatura do poeta Antonio Cícero.

De fora
Da assistência de grandes provas dos Jogos Olímpicos, parlamentares ficaram de fora. Centenas deles foram atrás do Comitê Olímpico e dos patrocinadores em busca de ingressos gratuitos. Um deputado teria recebido de um patrocinador a resposta: “O Ministério da Transparência veda a distribuição”.

Rumo final
Benedito Ruy Barbosa e o neto Bruno Luperi já entregaram 154 capítulos de Velho Chico e agora trabalham nos últimos quinze. Um dos desfechos já está decidido: Encarnação, personagem de Selma Egrei, morre no fim da novela.

Números
O resultado da pesquisa feita pelo Centro de Pesquisa em Direito e Economia da FGV mostra que, em 2014, 26,5% do orçamento familiar dos brasileiros eram comprometidos com pagamentos de dívidas. Em 2016, esse numero saltou para 55,4%. Adicionalmente, em 2014, o percentual de pessoas com algum pagamento ou prestação atrasada era de 12,7% e o percentual de indivíduos que havia adquirido algum tipo de dívida era também de 12,7%. Já em 2016 esses percentuais atingiram 30,2% e 37,3%, respectivamente.

Otimista
O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) está quase apostando que a fala de Dilma Rousseff no Senado vai virar de oito a nove votos. Os inimigos ironizam: só se for a favor do impeachment.

De jeito nenhum
O PT requereu à Justiça Eleitoral a impugnação da candidatura de João Dória à prefeitura de São Paulo. Alega que, como ele continua à frente do grupo Lide, poderia estar usando dinheiro de empresas que participam de seus eventos disfarçados de dividendos. Ou seja: financiamento empresarial indireto. Os aliados de João Dória, inclusive o governador Geraldo Alckmin, apostam que ele não faria isso, de jeito nenhum.

Quanto precisa
Para universalizar o saneamento básico do Estado do Rio de Janeiro inteiro, até 2046, serão necessários R$ 26 bilhões. Para limpar a Baía de Guanabara, até 2043, só os municípios do entorno da baía precisarão de R$ 17 bilhões.

Barrado
Ricardo Lewandowski barrou a exibição de um vídeo gravado por Hélio Bicudo, um dos autores do pedido de impeachment que, por problemas de saúde, não conseguirá acompanhar o final da novela de Dilma Rousseff no plenário do Senado. Janaína Paschoal deverá em seus argumentos, colocar pontos de vista jurídicos de Bicudo.

Balanço
Dos ex-ministros de Dilma que participarão do julgamento final da presidente afastada, três votarão contra o impeachment: Gleisi Hoffmann, Kátia Abreu e Armando Monteiro. E seis votarão a favor do impedimento: Garibaldi Alves, Eduardo Braga, Marta Suplicy, Edison Lobão, Fernando Bezerra Coelho e Eduardo Lopes.

Proibido
Na campanha, nada de comer pastel na frente de todo mundo ou bater um pãozinho na chapa: João Dória não se deixa fotografar comendo, de maneira alguma. Acha “um ato privativo”.

Fazendo as contas
Um levantamento feito pelo UOL mostra que o Brasil gastou R$ 3,19 bilhões na preparação de atletas para o Rio 2016, 50% mais do que para Londres 2012. Resumo da ópera: cada uma das 19 medalhas conquistadas custou quase R$ 168 milhões.

Broche
A presidência da República abriu concorrência para comprar distintivos que identificam servidores. Só na Secretaria de Segurança Institucional serão comprados mais de dois mil broches. É autoridade que não acaba mais.

Até o Papa
Fábio Porchat vai contar com a presença de Sasha, filha de Xuxa, em seu primeiro programa na Record, que estreia hoje. Ele garante que tem liberdade total com os convidados: “Queria levar o Padre Marcelo e a direção me disse que posso levar até o Papa”.

Readequação
O personagem transexual de À Flor da Pele, novela de Glória Perez será filho de Fábio Assunção. É uma menina que está em fase de readequação de gênero para mudar de sexo. A novela irá acompanhando o processo e o papel caberá a Carolina Duarte, que fará sua estreia na TV. Tudo será tratado da maneira mais correta possível.

Causa e efeitos
Há resistência às 10 medidas, do Ministério Público, contra a corrupção. Aquela que valida a obtenção de provas ilícitas, se forem obtidas de boa fé ou tiverem finalidade maiores, é uma delas. Pela regra um aperto no acusado ou uma escuta clandestina valeriam se fosse de boa fé. Há quem aposte que essas medidas não conseguirão ser emplacadas.

Vale de tudo
Vale de tudo nas eleições municipais: a Rede fez uma aliança em Macapá, mais que surpreendente. Lançou Clecio Luis, com o DEM na vice (Telma Nery) e a benção do PSDB. Ele tem ainda o apoio de mais 12 partidos, entre eles o PSOL, ex-sigla do senador da Rede, Rondolfe Rodrigues.

Com aumento
Henrique Meirelles deverá mandar o projeto de lei do Orçamento sem aumento de impostos. Vai esperar os próximos indicadores econômicos. Mais à frente, caso a majoração seja necessária poderá ser incluída em outras fases da tramitação do Orçamento. E é isso que deverá acontecer lá na frente.

Homenagem
A atriz Ruth de Souza, que tem 95 anos de idade e quase 70 de carreira será homenageada no CCBB, no Rio, a partir de hoje, com a mostra “Pérola Negra: Ruth de Souza”. Será exibida, entre outras obras, “Caso Verdade: Quarto de Despejo”, uma adaptação do famoso livro de Carolina Maria de Jesus e o trabalho predileto de Ruth na televisão.

Gestação
Desde o dia em que Eduardo Cunha aceitou o pedido de impeachment de Dilma Rousseff, em 2 de dezembro do ano passado, já se passaram 264 dias.no fim deste mês, quando a petista deverá deixar em definitivo seu mandato. Serão praticamente nove meses de processo. São cálculos de O Antagonista.

Artesanato
Sem dinheiro para campanhas milionárias, o PT de São Paulo está instruindo candidatos do partido “a produzir material pela internet e até programa de TV usando telefone celular, cartolina, pincel atômico e placas de isopor”.

Profeta
No programa Minha Brasília, nesses dias, o conhecido mineiro Carlinhos Vidente não deixou por menos: Dilma sai, Lula será preso e Michel Temer renunciará. No caso, faltou dizer que Rodrigo Maia assume a Presidência e convoca novas eleições.

Linha de fogo
Celso Russomano está na linha de fogo: vem chumbo grosso contra o candidato favorito às eleições para prefeitura de São Paulo. Agora, foram descobrir que ele até não pagava os 10% de garçons do Bar do Alemão, em Brasília, quando Russomano era o proprietário. E já gravaram entrevistas de ex-funcionários dizendo que ficaram sem a caixinha até hoje para colocar no horário da TV.


Convidados especiais
Ana Hickmann, Giovanna Ewbank (à esquerda, com a porquinha Judite), Sophia Abrahão (à direita, beijando seu cachorro), Fernanda Sousa, Maisa Silva e Wanessa Camargo foram algumas figuras do showbiz que foram ao lançamento do filme Pets – Uma aventura animal, em São Paulo. Lá as estrelas da festa eram os animais de estimação. Além dos bichinhos das celebridades, mais de 40 cachorros passaram lá. Todas se derretendo com seus bichinhos.

Edições Anteriores:  

  ;-) Cabelosa black power.

:-( Cabelos lisos.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 



© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br