F x

“É preciso proibir que os ex-presidentes ocupem qualquer cargo público, mesmo que eletivo. Foi um erro que cometi ter voltado.”

José Sarney, no discurso de despedida do Senado.




Ano XI - 20 à 22 de Dezembro de 2014

 

Presente de Natal
Gilberto Carvalho, que está deixando a Secretaria Geral da Presidência, onde foi colocado para ser “olhos e ouvidos de Lula”, acaba de ganhar do ex-presidente (Dilma apenas obedeceu) seu maior presente de Natal sendo indicado para a presidência do Conselho Nacional de Administração do Sesi, que Jair Meneguelli, ex-CUT, ocupou durante nove anos. O salário é de R$ 40 mil e com verba de representação, quase sempre chega a R$ 60 mil mensais. Tem carro (Toyota Corolla 2014) com motorista, além de mais três veículos à disposição. Durante muito tempo, nos finais de semana, quando ia para sua casa em São Caetano do Sul, usava passagens pagas pelo Sesi. O TCU acabou com essa festa.

Amigo é para isso
No tempo em que ocupou o alto cargo do Sesi, Jair Meneguelli abriu uma filial da entidade em São Bernardo do Campo – e não em São Paulo – perto do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Na folha, figura o nome de Marlene Araujo Lula da Silva, nora de Lula, como funcionária. Raramente aparece e ganha R$ 13,5 mil. Rogério Aurélio Pimentel, ex-assessor de Lula e dispensado por Dilma também está lá: não dá as caras e recebe R$ 10 mil. Na sede de Brasília, Márcia Regina Cunha, mulher do mensaleiro João Paulo, recebe R$ 22 mil por mês e a Sandra Cabral, mulher de Delúbio Soares, outro mensaleiro, também conseguiu emprego na entidade: recebe R$ 36 mil mensais.

Altos e baixos
José Sarney fez seu discurso de despedida do Senado, na semana passada, para um plenário quase vazio. Quando presidente, teve seu período de glória no lançamento do Plano Cruzado, com as fiscais de Sarney patrulhando supermercados. Durou pouco, entrou o Cruzado II e Sarney, que via a inflação voltar, perguntou à esquipe econômica pilotada por Dilson Funaro: “Então, vocês me enganaram?” Seu governo ainda teve os planos Bresser e Verão, sem resultados e quando deixou o Planalto, a inflação estava em 80% ao mês.

Contra PT
O vice Michel Temer telefonou para o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ) e pediu que ele conversasse com o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), agora também candidato à presidência da Câmara. Cunha pulou fora: “Se eu fizer isso, perco o apoio dos outros partidos”. Os líderes partidários que procuram o peemedebista para declarar apoio deixaram claro que a condição básica é evitar que o PT eleja o futuro presidente da Casa. Quando petistas estão no comando só pensam neles, em obedecer o Planalto e deixam os aliados à míngua.

Arrogância
No caso da candidatura de Arlindo Chinaglia à presidência da Câmara, há agravantes: nem a maioria dos petistas estará ao lado dele. Consideram-no mais do que arrogante, concorrendo nesse segmento com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloisio Mercadante. Nem Dilma gosta de Chinaglia – e não esconde isso.

Três vestidos
A posse de Dilma Rousseff terá cerimônia igual à de Lula em 2006, quando foi reeleito. No dia 1º, ela e o vice Michel Temer entram no Congresso às 16 horas, ao lado dos presidentes do Senado, Renan Calheiros e da Câmara, Henrique Eduardo Alves. Depois, caminham pela rampa que dá acesso ao Palácio do Planalto e Dilma coloca a faixa em si mesma, como Lula já vez. Ao lado de Temer, estará sua mulher Marcela. À noite, os dois participarão de coquetel no Itamaray. No período, Dilma usará três vestidos diferentes.

Lula defenderá CPMF
Deputados petistas andaram procurando aliados pedindo que assinassem projeto de iniciativa da Câmara Federal pela volta da CPMF. E voltarão à carga, depois de empossados os novos parlamentares. O Planalto quer que o retorno do imposto do cheque seja encarado como “um movimento de deputados”. A maioria dos consultados pulou fora, incluindo alguns petistas. Detalhe: Lula deverá sair em campanha pela aprovação da nova CPMF.

Olhos verdes
Durante décadas, os olhos verdes mais bonitos do cinema europeu eram os de Virna Lisi.

Vergonha nacional
A nova MP, aprovada por iniciativa da bancada da bola, é a nova vergonha nacional: prevê anistia de até 70% das multas, 30% dos juros de mora, 100% dos encargos legais – e até agora, sem nenhuma contrapartida. Do total de R$ 6 bilhões da dívida total dos clubes, R$ 3,7 bilhões são com o Fisco e poderão ser pagas em 20 anos. Para se ter melhor idéia: só em 2014, o Corinthians acumulou novos R$ 60 milhões em dívidas, não pagou nenhuma parcela do Itaquerão e contratou Tite por R$ 700 mil mensais.

Borracha nova
Além de carro oficial da presidência do Conselho Nacional de Administração do Sesi, Jair Meneguelli, ex-sindicalista que está se despedindo do cargo, circula  nos últimos tempos a bordo de um Ford Fusion, que, com equipamentos, custa mais de R$ 100 mil. Comprou à vista porque não gosta de nada parcelado: lembra seus tempos de dureza do passado.

Vista para o mar
Também o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, acusado nos depoimentos colhidos pela Polícia Federal e MP por conta da Lava Jato, tem um apartamento de frente para o mar, no Guarujá, em São Paulo, onde Lula possui um triplex de 297 metros quadrados. A Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancop), que construiu o prédio, com Vaccari na diretoria, quebrou em 2004 deixando três mil associados sem receber seus apartamentos. O promotor José Carlos Blat aposta que foram desviados para firmas fantasmas parte de R$ 460 milhões e a cooperativa deixou dividas de R$ 86 milhões. A Bancoop foi fundada pelo atual ministro de Relações Institucionais de Dilma, Ricardo Berzoini.

É Luxemburgo!
Para o veterano ex-técnico da seleção brasileira, Mario Lobo Zagallo, 83 anos, o homem certo para o lugar de Dunga é mesmo Vanderlei Luxemburgo. Depois dele, Tite ou Muricy Ramalho.

Caindo fora
Depois de Anderson Silva, que rompeu seu contrato com a empresa 9ine de Ronaldo Fenômeno (e mais WPP e Marcus Buaiz), por não estar satisfeito com os resultados, também Paula Fernandes pode deixar o barco – ou reformular seu contrato. Entre as figuras físicas contratadss pela 9ine tem também Neymar e o lutador Junior dos Santos, o Cigano.

Bancos aliados
O futuro ministro da Fazenda, Joaquim Levy, apoiado pelos também futuros ministros Nelson Barbosa (Planejamento) e Armando Monteiro (Desenvolvimento), quer mudar o papel do BNDES já a partir de janeiro. De cara, não haverá mais recursos do Tesouro para capitalizar bancos públicos, incluindo o presidido (ainda) por Luciano Coutinho. O novo desenho do BNDES, retirando-se do processo de financiamento, exigirá esforço para abrir o setor privado e garantir crédito para investimentos. Só que nenhum banco vai topar emprestar com juros de 4% ao ano, com dois de carência. Na campanha, Dilma dizia que aliar-se a bancos significava “tirar comida da mesa dos pobres”.

Quem chega
As conhecidas modelos Kate Moss e Naomi Campbell deverão chegar nos próximos dias, ao Brasil: de cara, passam uns dias em Trancoso e depois, voam para o Rio de Janeiro para o reveillon, devendo se dividir entre o Copacabana Palace e uma festa que está sendo organizada por Ricardo Tisci, diretor criativo da Givenchy. Naomi já esteve outras vezes no Rio – e nunca gostou de pagar contas em bares ou restaurantes.

Dieta Ravenna
Até a presidente Dilma Rousseff entrou na dieta do endocrinologista argentino Maximo Ravenna (perdeu cinco quilos até agora), que abriu clinica em Brasília e tem outras em Salvador e São Paulo, além de centros na Argentina, Paraguai, Uruguai e Espanha. É uma dieta que assegura a perda de quatro quilos no primeiro mês, o que não é novidade. Levando-se a sério a famosa Dieta de South Beach, do cardiologista Arthur Agatston ou a precursora Dieta do Dr. Atkins, do também cardiologista Robert Atkins, dos anos 70, o resultado é igual. Formula: nada de carboidratos, tudo de proteínas.

Sem festa
Dilma Rousseff pediu ao ainda governador  do DF, Agnelo Queiróz, que sai debaixo de pífios índices de popularidade, que cancelasse a festa de final de ano, em Brasília, reunindo grande grupo de conhecidos artistas para comemorar a passagem do ano na Esplanada dos Ministério. Alegou a possibilidade de que a festa possa se transformar numa manifestação hostil e que acabe atrapalhando a cerimônia de posse dia 1º de janeiro.

No lugar de Maluf
Guilherme Mussi, deputado federal do PP que obteve a maior votação da legenda em São Paulo, é o novo presidente do partido no Estado, em substituição a Paulo Maluf. Terá a seu lado, no comando do diretório paulista, José Olimpio, o segundo mais votado. Mussi, a propósito, está estreando nas colunas de gossips de artistas: namora Rebeca Abravanel, filha de Silvio Santos.

Concorrência
A Globo reserva para Marcelo Adnet, em 2015, um programa diário, ao vivo, misturando entrevistas e humor. Está destinado à terceira faixa da linha de shows, por volta das 23 horas. Ou seja: Amor & Sexo e Na Moral não continuarão e Jô Soares será empurrado para dentro da madrugada, depois do Jornal da Globo. Adnet deverá concorrer com Danilo Gentili (SBT) e Rafinha Bastos (Band).

Do governo, não
A TV Câmara exibiu entrevista com o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), candidato à presidência da Câmara, no final da semana passada e ele ficou uma fúria porque foi apresentado como “candidato do governo”, rótulo que, de cara, afasta até petistas e o pessoal da base aliada. Chinaglia quer ser apresentado como “candidato independente” – e aí, ninguém resiste e dá risada.


Nova diva de Cavalli
Depois de criar figurinos para a turnê mundial de Miley Cyrus, roupas para fitness club de Madonna e recrutar Rita Ora para ser o rosto da campanha de inverno, o italiano Roberto Cavalli escolheu a rapper Nicki Minaj para estrelar sua coleção Verão 2015. Ela aparece, fotografada por Francesco Carrozzini, muito diferente de seus looks habituais, a partir de um penteado totalmente surpreendente. Para quem não sabe: Nicki é dona de um derrière comparável ao de Kim Kardashian e Jennifer Lopez.

Edições Anteriores:  

  ;-) Óculos redondos.

:-( Óculos retangulares.



Os trabalhos dos mais criativos cartunistas selecionados na web.





 

Ruy Altenfelder Silva entrevista no programa Dialogo Nacional o colunista Giba Um.


© Copyrights: É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização
do titular desta coluna eletrônica. Entre em contato com o autor pelo email gibaum@gibaum.com.br